Quinta-feira, 27 de Julho de 2017

Buscar   OK
Esporte

Publicada em 20/01/17 as 15:51h - 67 visualizações
Técnico campeão brasileiro com o Guarani e prata olímpico com a seleção morre aos 77 anos

Vitalidade | Rádio e TV


© Gazeta Press Carlos Alberto Silva Tecnico Guarani 08/08/1978  (Foto: Vitalidade | Rádio e TV - Divulgação)
Morreu nesta sexta-feira o ex-treinador Carlos Alberto Silva, um dos maiores nomes da história do futebol brasileiro. Natural de Bom Jardim de Minas-MG, ele tinha 77 anos e comandava uma agência de turismo em Belo Horizonte.

Segundo informações de seu cunhado, o treinador fez uma cirurgia no começo de dezembro para colocar uma válvula no coração e já havia sofrido aneurisma no abdomen.

Ele morreu durante o sono.

O velório deve começar às 19h desta sexta-feira, no Cemitério Parque da Colina, em BH, e o enterro será amanhá, às 11h (horários de Brasília), no mesmo local.



Silva começou sua carreira de treinador no Guarani e, na equipe de Campinas-SP, conquistou a grande façanha de sua carreira: foi campeão do Campeonato Brasileiro de 1978 em cima do Palmeiras.

Em uma longa carreira de técnico, que perdurou até 2005, foi treinador de outros grandes clubes do futebol nacional, como São Paulo (duas vezes), Atlético-MG (três vezes), Cruzeiro, Corinthians, Palmeiras e Santos, entre muitas outras equipes de todo o país.

Entre outros títulos importantes que venceu, aparecem os Campeonatos Paulistas de 1980 e 1989, com o São Paulo, o Mineiro de 1982, com o Atlético-MG, e o Pernambucano de 1983, pelo Santa Cruz.

No exterior, dirigiu ainda o Porto-POR, o Santa Clara-POR, o Deportivo La Coruña-ESP e o Yomiuri Kawasaki-JAP.


Também levantou muitas taças, como dois Portugueses pelo Porto e um Japonês pelo Yomiuri Kawasaki.

Carlos Alberto Silva, que era formado em educação física pela Universidade Federal de Minas Gerais, ainda comandou a seleção brasileira e foi prata nos Jogos Olímpicos de Seul, em 1988, além de medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de 1987, em Indianápolis, nos Estados Unidos.

A aposentadoria aconteceu em 2005, quando assumiu cargo na diretoria do Atlético-MG.

Pelas redes sociais, muitos jogadores, ex-jogadores e clubes lamentaram a morte do ex-técnico, entre eles o Guarani, onde Silva fez história com o título do Brasileirão: "Obrigado por tudo, mestre!", escreveu o time paulista, em sua conta no Twitter.

Fonte: MSN



Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Hora Certa
Baixe nosso Aplicativo
Equipe
  • Tony Jose

    Fone:

    Nascido em SobralCE, em 09/05/1975, iniciou os estudos na Escola Profissional São Jose (Mons. Aloysio Pinto) no ano de 1984. Ingressou na radiofonia no ano de 2011 com passagens ...

    veja mais...

  • Dr. Rufino Araujjo

    Fone:

    Nascido em Fortaleza/ CE, em 04/07/1958, estudante de escola pública, formado na Faculdade de Medicina da UFC, com residência médica em pediatra, Gastropediatria e especialização e...

    veja mais...

Redes Sociais


Publicidade Lateral
Estatísticas
Visitas: 31906 Usuários Online: 30


Bate Papo

Digite seu NOME:


Parceiros

Grupo Vitalidade - Associação Beneficente e Cultural Vitalidade
Copyright (c) 2017 - Vitalidade | Rádio e TV - Todos os direitos reservados